O presidente mudará o País? Ou mudarão os brasileiros?

Esta virada de ano traz mais uma vez todas as atenções à mudança do governo federal, as lentes dos profissionais de comunicação do mundo todo estarão voltadas para a posse do novo presidente.
A pergunta que fica é: A mudança de governo muda o Brasil? Ou são os brasileiros que devem mudar? Sim, porque a nossa situação é caótica, não dá para tapar o sol com a peneira… Veja, em 2014 havia uma tragédia anunciada na economia e o que se seguiu foi a pior recessão já vista na história do Brasil. Depois tivemos o impeachment e uma reviravolta na forma de conduzir a economia, mas tínhamos um governo frágil que gastou todas as suas fichas para salvar a própria pele custando muito caro à produtividade do país.
E a nossa política é calamitosa, onde todos os dias se fala em corrupção e irregularidades, e nós, cidadãos apenas esperamos por melhorias, por mudança! Esta mudança cabe somente ao Estado? Pode haver realmente uma mudança apenas trocando nossos governantes? O novo presidente mudará o país?
Ao presidente podemos supor que algumas medidas serão introduzidas, ou por vontade ou projeto expresso, ou até por força das circunstâncias. O campo econômico e financeiro tenderão a “soltar” um pouco a economia, com a expansão de alguns mercados, a reativação de alguns setores produtivos, uma relativa baixa de remuneração do capital especulativo; economistas e observadores de plantão estão assinalando sintomas de retomada de vários setores produtivos.
Agora, mudar mesmo o país, o estado, nosso município, cabe a cada um de nós! Não consigo entender como a “massa” erra tanto na escolha dos governantes, como a vitória do tucano João Dória, a continuidade do PSDB é a continuidade da sociedade sem segurança, dos prontos-socorros sem insumos e das escolas sem merendas.

Cláudia Dib é Diretora Comercial do jornal a VOZ
Colunista Social e Corretora de Imóveis – CRECI 190.961

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *